2ª a 6ª 9h00 - 20h00 | sáb 9h30 - 14h30
20
Junho

Como fazer com que os implantes dentários durem muitos anos

Se falamos de zonas delicadas do corpo, uma delas é a boca. É que os danos exteriores e interiores têm um impacto estético que pode ajudar ou não a que nos relacionemos melhor, especialmente quando se trata dos dentes.

Comecemos pelas temidas feridas nas gengivas, que podem causar infeções em partes inacessíveis da boca e deteriorar os dentes ao ponto de ser recomendável um recurso substituto como é um implante dentário.

Os implantes dentários são estruturas muito utilizadas nas clínicas dentárias, devido à quantidade de pessoas que precisam de substituir um dente. Por isso, se já tem um ou vários implantes, é importante que saiba em que consiste ter esta peça em boca e que siga estes conselhos úteis para que dure muitos anos. Porém, primeiro, vamos rever alguns conceitos básicos.

O que é um implante dentário?

São uma espécie de parafuso que é colocado no osso da mandíbula sobre o qual se aparafusa logo o novo dente, conhecido com o nome de coroa.

Geralmente, os implantes colocam-se quando falta uma peça dentária ou quando há a necessidade de eliminar um dente natural (devido a uma grande lesão no dente), porém, cada caso é um caso.

Quem pode colocar implantes dentários?

-. As pessoas que tenham problemas dentários, como doenças ou o risco de deterioração massiva dos seus dentes. De qualquer forma, é conveniente que um dentista de confiança avalie a sua situação particular.

-. Quem, apesar de padecer de uma patologia dentária, possua uma gengiva estável e suficiente massa óssea para que o implante fique fixo. Nos casos em que tal não aconteça, será necessário avaliar outras opções e realizar passos intermédios para fixar o implante.

Agora, para manter estas peças “falsas” em bom estado, deve realizar-se a higiene correta, que é tão essencial como se tivesse todos os dentes naturais.

Se não tiver os cuidados corretos poderá sofrer uma infeção que pode afetar o resto das peças dentárias. O risco é maior em fumadores, devido à ação irritante da nicotina, pelo que escovar os dentes depois de cada comida é imprescindível.

Se tem implantes inacessíveis, procure modelar a forma como escova os dentes para chegar aos locais onde é habitual a acumulação de tártaro e para evitar o desenvolvimento de infeções.

Além disso, utilize irrigadores orais. É uma boa ideia ter estes aparelhos, que permitem aplicar água com pressão sobre os dentes e gengivas para limpar a zona com profundidade. Se não tiver a opção de utilizar um irrigador, utilize escovas interdentarias. Mais importante ainda é aplicar estes 7 conselhos e alterar os hábitos que necessitar de mudar.

Ainda que cada caso seja um caso, existem cuidados específicos além da higiene básica que os especialistas recomendam logo após a colocação do implante dentário, de acordo com um artigo da clinicpoint. São estes:

1. Alimentos

Depois da cirurgia de colocação do implante, é importante manter o repouso e uma dieta baseada em alimentos moles e líquidos, evitando sempre mastigar com a parte que sofreu a intervenção. Há também que evitar a ingestão de álcool e muito importante, não fumar.

Logo após à recuperação, o ideal é evitar morder alimentos ou coisas muito duras. Os dentes são para mastigar comida, não para abrir frascos ou desbloquear objetos, preste atenção àquilo que leva à boca.

fazer com que os implantes dentários durem muitos anos

2. Enxaguamento

Para manter o curso natural da intervenção, não se devem fazer bochechos orais no mesmo dia da cirurgia – já que poderiam provocar a queda prematura dos pontos de sutura e interromper o correcto processo de cicatrização.

Deve esperar idealmente pelo menos 3 dias após a cirurgia para utilizar este método. O que pode fazer é tomar líquidos frios e é recomendável que os mantenha alguns segundos na zona onde foi aplicada a peça, da mesma forma que é importante a aplicação de gelo local nas primeiras 24 horas após a cirurgia.

Após (pelo menos) 5 dias, a rotina alimentar volta completamente à normalidade.

3. Exercício físico

Já se sabe que durante a primeira semana depois da cirurgia, é aconselhável não realizar esforços físicos, devendo-se evitar fazer força com a mandíbula.

4. Tabaco 

Parte da boa higiene e para assegurar o êxito dos implantes é não fumar. Se já era fumador antes de colocar o implante, deve reduzir ao máximo o consumo de tabaco pois este irá danificar o trabalho do médico dentista.

5. Higiene oral

Alguns dias após a cirurgia, a escovagem da zona onde se realizou o implante deve ser muito suave. Logo, a escovagem deve realizar-se após cada refeição e ser complementada com enxaguamentos suaves com bochechos de clorexidina.

6. Dormir elevado

É conveniente que a cabeça esteja a um nível mais elevado do que o resto do corpo, de forma a estimular a cicatrização e para evitar a acumulação de saliva. Após a recuperação, é vital prestar atenção a se pressiona os dentes enquanto dorme, visto que pode danificar o implante.

7. Não tocar na zona intervencionada

Evite tocar na zona da intervenção com os dedos ou pressioná-la com a língua, visto que isso poderá afetar o processo de integração óssea. Também não deverá fazê-lo após estar recuperado, sendo que o melhor é sempre cuidar da zona com delicadeza.

Lembre-se de utilizar escovas de dentes muito macias, elétricas ou escovilhões interdentais que ajudem a minimizar qualquer risco de infeção.

Os implantes dentários duram toda a vida?

Isso irá depender da higiene oral e do cuidado geral com a boca, juntamente com as visitas periódicas ao dentista para controlo e manutenção. Podem durar anos sem necessidades de intervenção caso se sigam os conselhos aqui abordados.

A maior parte dos pacientes odontológicos costumam preferir implantes dentários face a outras alternativas, já que são a solução mais exigida para substituir os dentes perdidos.

Trata-se de um procedimento seguro, não invasivo, e que dependerá da utilização dos materiais adequados e da manutenção para a correta preservação das peças implantadas.

A saúde oral é tão importante como a saúde do nosso organismo. Lembre-se, um sorriso brilhante e saudável ajuda a criar conexões mais rápidas com aqueles com que se relaciona.

 Fonte: sabervivirtv.comclinicpoint.com

 

 

Marcar consulta