2ª a 6ª 9h00 - 20h00 | sáb 9h30 - 14h30
14
Novembro

Problemas que uma má higiene oral pode causar

Desconhecemos que muitas das doenças que afetam o nosso organismo têm que ver com uma má higiene oral, assim como não estamos conscientes que os problemas orais podem conduzir a problemas mais sérios no resto do corpo. De outra forma, prestaríamos mais atenção aos nossos dentes, gengivas, língua e paladar.

Quando, por exemplo, se apresenta uma situação de infeção na cavidade oral, a maioria das pessoas pensa em automedicar-se, achando que se trata de uma situação simples, que não merece uma visita ao médico dentista, quando na realidade, é preferível recorrer ao médico dentista para resolver o problema de raiz, antes que se converta num problema maior, noutra parte do corpo.

As bactérias e micro-organismos que provocam doenças ao nível da cavidade oral, podem entrar na corrente sanguínea e afetar qualquer órgão onde se alojem. Essa é uma das razões, pelas quais se deve dar a importância devida à Higiene Oral e visitar regularmente o médico dentista ou higienista oral, para realizar uma limpeza dentária mais profunda e detetar outros possíveis problemas, como é o caso das cáries, entre outros.

Neste artigo, mencionaremos alguns dos problemas que podem ser provocados por uma Higiene Oral deficitária, com o propósito de informar e criar consciência para o cuidado que deve ter com todo o seu corpo, incluindo os seus dentes.

Doença Cardíaca.

Sim, os problemas da cavidade oral e as doenças cardíacas estão estreitamente ligados.

Estudos revelam, que pessoas com problemas de grau avançado ao nível das gengivas são mais propensas a sofrer de doença cardiovascular, em comparação com outras que têm gengivas saudáveis.
Qualquer bactéria pode ser transportada pela corrente sanguínea até ao coração, desencadeando problemas mais graves.

Evite e previna este tipo de doenças cuidando da saúde das suas gengivas, e tratando situações como a gengivite ou a periodontite numa fase inicial.

Cancro Oral.

Estudos revelam que o aparecimento de cancro oral pode estar de alguma forma relacionado com uma Higiene Oral deficitária ou inexistente, já que os níveis de placa bacteriana elevados, aumentam o risco de contrair esta doença, com risco ainda maior para pacientes com comportamentos de risco, como é o caso de pacientes fumadores ou consumidores regulares de bebidas alcoólicas.

A placa bacteriana é uma espécie de massa que se cria em torno dos dentes, e aumenta o risco de contrair este tipo de doenças, sendo composta por organismos vivos que interferem na saúde das suas gengivas.

Diabetes.

A relação entre esta doença e a cavidade oral é recíproca. Podemos dizer que a pessoa que não tem uma correta Higiene Oral e que sofre de gengivite ou periodontite, pode desenvolver Diabetes, e quem padece de Diabetes pode ver a sua saúde oral seriamente afetada.

Para que entenda melhor, saiba que tanto a gengivite como a periodontite, representam focos de inflamação e infeção na sua boca. E a própria Diabetes, ocasiona infeções ao nível da cavidade oral que podem tornar-se bastante graves.

Doenças Gengivais e a perda de dentes.

O facto de não escovar os dentes e não ter os cuidados devidos com a sua boca, contribui para o aumento da placa bacteriana que se aloja de forma cada vez mais profunda nas gengivas. Esta placa, que tem a tendência a tornar-se mais dura, forma o tártaro, que por sua vez provoca doenças como o caso da gengivite, e que é impossível de ser removido sem uma limpeza profissional, realizada por um médico dentista ou higienista oral.

A periodontite, é outra doença que tem o seu inicio, de entre fatores hereditários, numa higiene oral deficitária ou inexistente. É uma espécie de evolução da gengivite e conduz muitas vezes à perda gradual dos dentes, afetando ainda a estrutura do osso e tecidos moles.

Ambas as patologias podem trazer problemas a outros sistemas do nosso organismo, pois representam processos inflamatórios.

Mau Hálito.

Ao não realizar uma correta remoção dos resíduos alimentares, e devido à grande quantidade de germes e bactérias presentes nos mesmos, é possível que surja um odor de hálito desagradável.
Conhecida também como halitose, esta doença pode afasta-lo do convívio social e ocasionar problemas pessoais e no meio em que se movimenta diariamente.

uma má higiene oral pode causar problemasCárie Dentária.

É a doença mais comum, causada pela decomposição dos alimentos, principalmente açucarados.
Uma má higiene oral pode provocar cáries que, quando não detetadas precocemente, podem afetar a estrutura nervosa do dente, trazendo graves consequências para a saúde.

Doença pulmonar.

Diversos estudos asseguram que uma Higiene Oral deficiente pode relacionar-se com as doenças respiratórias. Não é por acaso que a boca, é a porta de entrada para todos os outros órgãos. Doenças como bronquite, pneumonia, ou exacerbações da doença pulmonar obstrutiva crónica podem ter início na cavidade oral, e as doenças gengivais podem gerar ou agravar transtornos pré-existentes, localizados fora da cavidade oral.

Acidente Vascular Cerebral.

Vários estudos foram realizados com a finalidade de estruturar uma relação entre uma má higiene oral e a doença de acidente vascular cerebral, também conhecido como AVC, concluindo que as bactérias que proliferam na boca e que afetam as gengivas, podem, ao entrar na corrente sanguínea, transportar-se até às veias e artéria da cabeça.
Por exemplo, as pessoas que padecem de periodontite, veem aumentado o risco de sofrer deste tipo de patologia.

Assim, quanto mais grave for o grau de periodontite maior é o risco de acidente cardiovascular.

Recomendação.

É de extrema importância prestar atenção e ter um olhar responsável em torno de tudo o que afeta a cavidade oral, e por isso, é fundamental visitar regularmente o médico dentista para garantir a manutenção da saúde da sua boca, resolvendo atempadamente qualquer doença que possa surgir nos seus dentes e gengivas, precisamente para evitar doenças graves nos restantes órgãos do corpo.

Marcar consulta